Quem Sou?

Flavio Moreno Agente Federal

avatar_flavioFlavio Moreno, nasci em maio de 1975 na cidade do Rio de Janeiro, RJ, iniciei minha formação escolar até concluir o ensino médio, parte como bolsista e parte em escola pública. Cursei Direito na Universidade Gama Filho no Estado do Rio de Janeiro e hoje sou um Agente de Polícia Federal em Maceió/AL, uma nobre profissão que demanda os valores da coragem, lealdade, legalidade e muita perseverança na luta contra os maus.

Infância:

Tive uma infância humilde, mas feliz, com quatro irmãos e meus pais. Jogava futebol no chão de barro, bola de gude, pião, brincava de polícia e ladrão e era fominha de pipa. Subi em muito pé de árvores para comer goiaba, amêndoa e manga. Levei muita chinelada por atrasar-me na hora da janta ou ficar na rua além do tempo. Agradeço pelas reprimendas.

Minha mãe, dona de casa e meu pai funcionário da antiga Rede Ferroviária, também começou a trabalhar na adolescência. Vieram de cidade com menos de 18 mil habitantes do interior de Minas Gerais para o Rio de Janeiro em busca de trabalho e melhorar a condição de vida. Foram morar em comunidade.
Tive uma infância humilde, mas feliz. Alguns dos amigos de escola e do bairro, tomaram outros rumos, uns na vida desregrada, uns foram presos ou perderam a própria vida no mundo das drogas e do crime. Alguns, da mesma forma que eu, sobressaíram-se e por mérito alcançaram uma vida melhor.

Adolescência:

Quando cheguei na adolescência e passei a trabalhar, as coisas de menino se foram. A responsabilidade e o compromisso passaram a ser a força motriz. Agradeço a Deus e meus pais por eu ter assumido responsabilidades cedo, oportunidade que formou meu caráter e foi crucial para nortear a minha vida.

Já minha experiência profissional começou aos treze anos de idade, na qual eu vendia biscoitos na feira até os dezoito anos para ajudar meu irmão recém casado e com filha pequena, minha sobrinha. Eu acordava as cinco horas da manhã, na chuva ou no sol, a barraca de biscoitos era montada. Ali, aprendi um pouco dos valores que carrego até hoje, como o senso de responsabilidade e moral, companheirismo, irmandade, cordialidade e respeito ao que é do próximo. Carreguei muita compra de fregueses para ganhar um trocado extra.

Nessa época, se precisasse comprar um tênis, uma roupa ou levar uma namoradinha para comer um lanche, o fruto do meu trabalho ajudava nesse intento.
Alguns jovens continuaram lá na feira e eu fui em busca de meus sonhos.

Vida adulta:

Um deles, era ter a minha carteira de trabalho assinada, então, tive a oportunidade de trabalhar como atendente na franquia McDonald’s, lá aprendi muito sobre hierarquia e mérito. Eu estudava pela manhã, trabalhava no período da tarde e noite até às vinte e duas horas. Já às seis horas, estava de pé para estudar, pois eu sabia que a minha chance estava nos estudos, nessa época eu era estudante de História na UFF – Universidade Federal Fluminense. Como eu trabalhava no shopping aos sábados, domingos e feriados, batia ponto e nas folgas podia ter meu lazer com a família, era minha grande alegria a família.

Sou muito grato aos meus pais e antepassados, pelos valores, reprimendas, incentivos e aprendizados.

Seguindo na vida, o meu próximo sonho foi ser aprovado em um concurso público, aos 19 anos tomei posse, onde passei a trabalhar como Agente Educacional na antiga FEBEM, mais especificamente nas unidades de custódia e internação de adolescentes infratores, onde consegui obter uma experiência sobre a situação e realidade de desajustes familiares, sociais e econômicos de adolescentes e crianças que partem para a vida do crime.

Em 1996, ingressei no tão sonhado curso de Direito, na UGF. Trabalhava e estudava, passei por algumas rebeliões na antiga FEBEM, dificuldades de compatibilidade de horários por conta de plantões, mas não desisti, me formei, colando grau em 2001.

Em 2002, liderei um grande movimento por concursos e plano de cargos e carreira no Estado, e em 14 de abril de 2003, fui o idealizador e fundador do SIND-DEGASESindicato dos Servidores da Carreira Socioeducativa do Estado do Rio de Janeiro, sendo o primeiro presidente do mesmo, tendo por base, o lema “União e Luta”, que eu havia vislumbrado nos valores da Polícia Federal “Coragem, Lealdade e Legalidade” e nem de longe, imaginava que essa Instituição seria o grande divisor de águas em minha vida. Até então, despertei naquela categoria a vontade de mudança, concursos, plano de cargos e buscar seus direitos.

Polícia Federal:

logo_pfEm meados de 2004, as palavras “Coragem, Lealdade e Legalidade”, não saiam da minha cabeça, os ideais e valores da Polícia Federal, então fiz uma escolha: a inscrição no concurso público para Agente de Polícia Federal e após três meses de intensos estudos, dedicação, exercícios e fé, em primeiro de setembro de 2004 realizei a prova que iria mudar completamente minha vida.

No ano de 2008 tomei posse do cargo de Agente de Polícia Federal e fui enviado para a fronteira entre o Brasil, Argentina e Uruguai, onde fiquei cinco anos combatendo organizações criminosas em diferentes frentes. A fronteira é uma escola para o policial, uma vez que você tem que fazer uso de toda a astúcia, inteligência e capacidade operacional absorvidos na Academia Nacional de Polícia – ANP, que fica em Brasília, Distrito Federal.

Após esse período de cinco anos servindo a Pátria e todo Povo Brasileiro, porque esse é o lema da Polícia Federal, SERVIR, fui transferido para a Superintendência da Polícia Federal em Alagoas, onde trabalhei no Núcleo de Operações, na DELEPAT – Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio, Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico, e em várias operações contra corrupção e o crime organizado, sempre combatendo o crime, enaltecendo o nome do Brasil e da Instituição Polícia Federal, mantendo a ordem e as premissas dos valores da Polícia Federal “Coragem, Lealdade e Legalidade”.

Após, ter participado ativamente dos movimentos reivindicatórios da categoria em 2012 e nos anos posteriores, onde denunciamos a crise na PF para todo Brasil, a necessidade de valorização dos Agentes Federais e por um Brasil melhor, em 2014, tomei posse como vice-presidente do SINPOFAL – Sindicato do Policiais Federais do Estado de Alagoas, onde pude auxiliar em muitas ações em nome da categoria: Policial Federal e da Segurança Pública, sendo um dos coordenadores do Plano de Segurança Pública das entidades representativas aos então candidatos ao Governo de Alagoas.

brasfarSempre com ampla visão no bem estar coletivo e visando criar soluções para problemas não só na área da segurança pública, bem como nas áreas da saúde, tecnologia e outras mais, no final de 2015, eu concebi a idéia de criar o projeto BrasFar, que ainda está sendo desenvolvido e trata-se de uma parceria coletiva entre eu e a FusionLabs Brasil. Esse projeto que visa levar gratuitamente a todos os brasileiros, informações sobre os estabelecimentos de saúde do Brasil, bem como alarmes para medicamentos, controle e gestão de glicemia, saturação, pressão arterial, clearence da creatinina e um banco de dados com os endereços e telefones de todos os profissionais da área da saúde, como médicos, dentistas, farmacêuticos, hospitais, clínicas, consultórios e uma ferramenta que visa compartilhar todos os doadores de sangue por tipagem, fator RH e localização, aumentando assim as chances de sobrevida de qualquer pessoa que necessitar de um doador de sangue. Uma idéia inovadora, ampla e que hoje está sendo desenvolvida pela empresa FusionLabs Brasil.

Movimentos Civis de Combate à Corrupção

Durante o período de 2014 à 2017, acumulando as funções representativas de classe, de liderança nos movimentos civis contra corrupção e de atividade Policiais, combatendo a corrupção e o crime, incansavelmente. Na Polícia Federal, em diferentes operações nas amplas áreas que o Departamento de Polícia Federal permite, desde o crime organizado à crimes ambientais.

Presidência SINPOFAL:

SINPOFALEm janeiro de 2017, assumi a presidência do Sindicato dos Policiais Federais de Alagoas, quando pude colocar em prática alguns projetos que eu já havia vislumbrado no passado, como: Parcerias entre empresas privadas de vários segmentos beneficiando os filiados do sindicato e os comerciantes, como por exemplo: Toyota, Wizard, COC, Ellus, Sul América Saúde, Honda, SEUNE, LFG, Restaurante do Bigode, Churrascaria Sal e Brasa, RH Consult, SESC, SENAC e outros. Uma forma de fomentar a economia do Estado. Aproximando Consumidores e Comerciantes.

Ingressei ações judiciais em prol da categoria e da sociedade, protocoladas em seus respectivos órgãos responsáveis.

Projetos Sociais:

boxeCriei através do Sindicato o projeto social “Amigos da Federal – Boxear” que visa estimular os alunos das escolas públicas a práticaFlavio Morenode BOXE e patrocinamos inúmeros projetos sociais e esportivos como o CSA GUERREIROS, aproximando a população, crianças e adolescentes, de forma preventiva contra o mundo do crime e das drogas.

A mais recente ação social gratuita que promovi a frente do Sindicato, é para o concurso da PM/AL, em parceria com o Agente Federal Fernando Odnanref, aulas de técnicas de coach para aceleração em concursos voltada para os inscritos no concurso da Polícia Militar de Alagoas. Aulas promovidas aos domingos, no SINPOFAL – Sindicato dos Policiais Federais de Alagoas.

Pesquisas – Votar Brasil:

vbr_logo_512Criei também através do Sindicato o projeto Votar Brasil, um aplicativo sobre enquetes e problemas da atualidade, além de prover a idéia, houve também patrocínio direto à empresa FusionLabs Brasil no desenvolvimento do mesmo, onde inclusive houve a colaboração de inúmeros outros colegas para a realização do projeto que já está em pleno funcionamento e atendendo todos brasileiros. Uma forma transparente de todos manifestarem sua vontade e opinião diante das questões atuais, não só na política, mas em diversos setores. Uma parceria entre a FusionLabs BrasilSINPOFAL e os Agentes Federais do Brasil.

Cursos e Treinamentos:

Flavio MorenoAinda na Presidência do Sindicato pude realizar parcerias com outras instituições, para realização de cursos, seminários e congressos para comunidade e estudantes, voltados para defesa da família, mediação de conflitos, na área jurídica, aprovação em concursos, melhoras no sistema penal e segurança, capacitação para ingresso no mercado de trabalho, etc.

Palestras:

Periodicamente sou convidado a ministrar palestras na área de Segurança Pública, Combate à Corrupção e de Prevenção às Drogas, em diferentes locais como: OABUniversidade Estácio de Sá, Cinema do Maceió Shopping, Escolas e comunidades.

Agentes Federais do Brasil:

Flavio MorenoNacionalmente, coordeno nas redes sociais os “Agentes Federais do Brasil”, um movimento iniciado em 2012, em página do FacebookInstagram e YouTube com mais de 1,2 milhão de seguidores, em busca de um país melhor, livre da corrupção e do crime organizado, conscientizando a população para construção de um país livre doFlavio Morenocaos moral, político, econômico e dos serviços públicos e em defesa da segurança pública. Proporcionando oportunidades de socialização, civismo e trabalho conjunto entre os Agentes Federais do Brasil, profissionais da segurança e a população. Uma forma de aproximar a Polícia Federal, os Profissionais da Segurança e o Povo Brasileiro, estreitando laços e criando vínculos de justiça, ordem e progresso.

Trabalho Nacional:

Flavio MorenoVenho promovendo, como conselheiro representante do Estado, junto com a FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais, ações com vista a atender os pleitos dos Policiais Federais e Segurança. Além dos pleitos por uma segurança pública reformada, eficiente para todos brasileiros.

“Não faço distinção, devemos combater o crime, independente de viés político ou ideológico.”

“O crime organizado e a corrupção são os inimigos número um do país. Devem ser combatidos implacavelmente.”

“Sou a favor do porte de armas, do direito da auto defesa, contra a ideologia de gênero, contra os altos tributos, a favor da redução da maioridade penal, e da participação do Estado em áreas essenciais, priorizando a segurança, defesa, saúde e educação, em um projeto de nação forte, sob a ordem, progresso e por um Estado livre da degradação, corrupção e subdesenvolvimento, em defesa da família, trabalhadores e empresários.”

“Ordem para que haja progresso”

FLAVIO A MORENO SILVA
– Agente de Polícia Federal
– Advogado licenciado
– Coordenador do Grupo de Prevenção ao Uso Indevido às Drogas da PF/AL
– Presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Alagoas
– Conselheiro da Ordem dos Policiais do Brasil
– Coordenador Nacional dos Agentes Federais do Brasil
– Especialista em Segurança Pública
– Palestrante motivacional
– Primeiro Secretario do Livres – AL, por uma Alagoas e Brasil livre da Corrupção, por mais segurança e desenvolvimento.